12.6 C
Cachoeira do Sul
quarta-feira, 8 julho, 2020 - 08:02
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Caso do Desvio: denúncia chega ao Ministério Público de Cachoeira do Sul

Caso do Desvio: denúncia chega ao Ministério Público de Cachoeira do Sul

O vereador Itamar Luz (PSDB) entregará o material da denúncia sobre desvio de material e uso de maquinário da Prefeitura de Cachoeira do Sul ao Ministério Público (MP) nesta sexta-feira (15). Após a divulgação do caso pela reportagem de OCorreio Digital nesta quarta-feira (13), a Prefeitura decidiu pelo afastamento do servidor envolvido na denúncia pelo período de 60 dias. Uma sindicância interna apura as circunstâncias. Segundo gravações em vídeo apontam, ele teria transportado material para sua casa. Informações que chegaram ao prefeito ainda indicam que o local passa por obras.

Após a veiculação da reportagem, o parlamentar passou a receber novas denúncias. Além do MP, Luz procurará o comandante da Brigada Militar de Cachoeira do Sul, Jaime Soligo. “Preciso garantir minha segurança e da pessoa que fez a gravação”, salienta o vereador que repassou a situação também ao presidente da Câmara, Carlos Alberto (PP). “Vou pedir que o MP investigue a fundo”, enfatiza Luz. De acordo com denúncias encaminhadas ao vereador, o caso não seria isolado na Prefeitura.

Durante o afastamento, o servidor segue recebendo remuneração. A medida seguirá até a conclusão do trabalho da comissão de sindicância. Uma das possibilidades – caso seja comprovado o uso irregular de maquinário e desvio de material – é a exoneração.

Até a conclusão das apurações, o nome do funcionário afastado será preservado pela reportagem. Já a divulgação de imagens e dos vídeos dependerá de expressa autorização da pessoa responsável pelas gravações, uma vez que podem indicar sua identidade e resultar em risco para sua própria segurança em função de represálias. “[Estou] Muito triste por existir pessoas como este funcionário que está prejudicando todo o Município que já está quebrando”, lamenta para a reportagem do OCorreio, além de revelar que deve procurar a Polícia também nesta sexta-feira (15) para informar sobre a situação e acompanhar o vereador até o MP para o encaminhamento do conteúdo gravado.

Advertisement