4 bons motivos para tomar a vacina da gripe

Por 8 de junho de 2022

Crédito: Divulgação

Você sabia que a gripe infecta cerca de um bilhão de pessoas anualmente? Por isso a vacinação é tão importante; saiba mais

Todos os anos, o SUS oferece a vacina contra gripe, mas nem sempre a adesão atinge a meta esperada. Muitas pessoas comparam a gripe com um simples resfriado por conta dos sintomas parecidos. No entanto, a gripe pode evoluir de forma perigosa em pessoas mais vulneráveis, como os idosos e os bebês.

Atente-se à diferença dos sintomas

Os principais sintomas são febre alta, dor de cabeça, dores no corpo, fraqueza e mal-estar. Na maioria dos casos, o quadro melhora dentro de poucos dias. Quando a doença se agrava, pode causar complicações como pneumonia e, em casos extremos, levar à morte.

Por isso a vacinação é tão importante – previne óbitos, complicações e ajuda a não sobrecarregar os serviços de saúde, que tendem a ficar lotados nas estações mais frias.

Entenda porque se vacinar contra a gripe é tão importante:

1. Gripe não é resfriado

A gripe é causada por um vírus denominado Influenza, que possui vários sorotipos e sofre constante mutação. Esse vírus causa sintomas em aproximadamente 24 horas após o contágio e é responsável por desencadear no paciente febre alta, dores musculares, dor de garganta, dor de cabeça, cansaço, tosse geralmente seca e coriza.

Além disso, pode deixar os olhos vermelhos e lacrimejantes e causar diarreia e vômitos. O sintoma mais marcante, sem dúvidas, é a febre, a qual dura em média três dias. Após cessar a febre, outros sintomas podem manter-se por mais três a quatro dias.

2. Pode gerar complicações e levar à morte

A gripe é uma doença relativamente grave, que pode até mesmo levar à morte. Sua principal complicação é a pneumonia. Frequentemente o vírus causa epidemias e pandemias graves, como exemplo H1N1, que atingiu vários países em 2009.

3. Vacina da gripe não causa gripe ou sintomas

Não há risco de contrair a gripe apenas pelo motivo de tomar a vacina, isso é um dos maiores mitos em torno da imunização. A vacina da gripe é feita com vírus mortos e fracionados. É impossível uma pessoa tomar a vacina e ter gripe por causa dela.

A imunidade total não é garantida, porém, se a pessoa vier a contrair o vírus da gripe posteriormente os sintomas serão muito menores e a vacina evitará complicações.

É importante lembrar também que a vacina é contra o vírus da influenza, mas existem outros vírus que ainda estão circulando, como o adenovírus, coronavírus, rinovírus, parainfluenza, entre outros.

4. O vírus sofre mutação constante e a vacina fica obsoleta

É necessário tomar a vacina da gripe todo ano já que o vírus da gripe tem um poder de mutação bastante elevado. Ou seja, o vírus que estava circulando ano passado é diferente do deste ano, e a vacina antiga não tem mais eficácia.

Anote as dicas, pegue sua carteira de vacinação e dirija-se ao posto de vacinas mais próximo à sua residência. Vacinação é responsabilidade pessoal e coletiva.