3 pesquisas relacionadas ao e-commerce que marcaram o Google em 2021

Por 8 de junho de 2022

Crédito: Divulgação

As informações que o Google divulgou sobre o que é mais buscado em cada país na ferramenta de pesquisa mais popular do mundo fornece dados valiosos para o e-commerce

Tudo o que as pessoas desejam, se interessam e escutam se reflete nas pesquisas que faz no Google. Ao divulgar a lista do que os brasileiros mais pesquisam no Google, o e-commerce tem acesso privilegiado sobre o padrão do consumidor.

O Brasil no topo das pesquisas

Em um estudo coordenado pela Cuponation revela a lista dos países que mais geram tráfego para o Google e o Brasil ocupa a segunda posição, com 92,58% de pessoas que usam o gigante das pesquisas online. O país ficou atrás apenas da Índia com 95,47%.

Se dividirmos os produtos mais buscados no Google em temas podemos ver que o interesse do consumidor brasileiro está entre lazer, games/casa, e trabalho. É importante considerar que os dados de SEO refletem o ano mais genuinamente pandêmico que vivemos.

Além disso, é de conhecimento geral que, com as medidas de isolamento social ocasionadas pela Covid-19 o e-commerce foi um dos setores que mais cresceu no mundo, basta olhar para o crescimento da gigante do e-commerce Amazon.

A Confederação Nacional do Comércio apontou crescimento de quase 40% para o setor no Brasil; o que não significa que pelo abrandamento das medidas restritivas o e-commerce tenha queda em 2022: as vendas do e-commerce brasileiro marcaram aumento de 20,56% em janeiro de 2022, se comparado ao mesmo período do ano passado.

Tecnologia e conforto, tudo o que o brasileiro quer

O produto genuinamente mais desejado pelos brasileiros é o smartphone, tendência que vem aumentando há alguns anos. Lembrando que os smartphones constantemente são lançados em novas versões, o que aumenta a busca no Google. Mas, além de smartphones há também:

  • Fidget Toys, o brinquedo antiestresse para crianças. Não é de se estranhar ser o primeiro nas buscas com a pandemia e a criançada em casa;
  • Smartphones, como Samsung, iPhone ainda aparecem, mas agora ao lado de alguns outros inovadores, como Redmi e Poco;
  • Copo Stanley. Sabe aquele copo térmico para cerveja? Sim, foi um dos itens mais buscados em 2021;
  • Guarda-roupa. Com as pessoas passando mais tempo em casa, mudanças são exigidas no guarda-roupa e móveis de decoração.

A tendência de 2022 é uma continuidade da busca pelos mesmo produtos, mas vale atentar-se ao que pode ser acrescentado na lista dos mais pesquisados no decorrer do ano.