24 C
Cachoeira do Sul
quarta-feira, 20 janeiro, 2021 - 13:58
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Estado deve R$ 1,1 milhão de repasses para a UPA

 

UPA cachoeirenses é referência para outros municípios. A administração está a cargo do Hospital de Caridade e Beneficência (HCB). Foto: Divulgação

 

 

O Governo do Estado deve R$ 1,1 milhão de repasses para a Prefeitura de Cachoeira do Sul referente ao custeio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Mensalmente, a UPA custa para o município R$ 621.120,00. A Prefeitura participa com R$ 316.120,00, a União com R$ 170 mil e o Estado não cumpre a sua parte que é destinar R$ 135 mil mensais.

Hoje as dívidas estaduais atingem R$ 1.145.000,00, resultado da soma dos débitos de 2017 (R$ 200 mil), 2018 (R$ 810 mil) e 2019 (R$ 135 mil). “Pela gestão terceirizada da UPA, que iniciou em agosto de 2017, a Prefeitura já pagou R$ 11,5 milhões” informa o secretário da Saúde Roger Gomes da Rosa, acrescentando que lamentavelmente não existe perspectivas do Estado colocar em dia seu débito.

A UPA de Cachoeira do Sul é administrada pelo Hospital de Caridade e Beneficência (UPA). A unidade, que é referência para outros municípios, está localizada na zona norte e desde sua implantação em julho de 2017, tem sido elogiada pela comunidade.

A estrutura da UPA

–Área construída de 994 metros quadrados

–Ambientes climatizados e com acessibilidade para cadeirantes

-Equipamentos para exames laboratoriais, eletrocardiograma e raio X

–Seis leitos para pacientes em estado de urgência

–Consultórios médicos

–Farmácia

–Recepção com televisor de 40 polegadas e 30 cadeiras

–Miniunidade de tratamento intensivo (UTI), onde o paciente em estado grave será estabilizado

–Setor de emergência com três leitos e equipamentos como respiradores artificiais, máscaras de oxigênio e controladores de pressão arterial e de batimentos cardíacos

–Ala infantil com berços e brinquedos para crianças que precisarem ficar em observação na UPA

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região