6.9 C
Cachoeira do Sul
quinta-feira, 16 julho, 2020 - 10:00
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

“Atitudes mudaram, principalmente comigo”, desabafa Cleber

Crédito: Robson Vargas / Fan 96.5 FM

O vice-prefeito de Cachoeira do Sul, Cleber Cardoso, participou do programa Famintos (de segunda-feira a sexta-feira, 11h50 às 13 horas), da Rádio Fan FM 96.5, na tarde desta sexta-feira (26). Em pauta, a repercussão das exonerações na Prefeitura envolvendo CCs e FGs ligados a Cardoso, além do secretário municipal de Obras, Isaías Machado. Internamente, o a decisão em afastar os servidores é vista como uma forma de reduzir a força política do vice-prefeito. “Sei me colocar no meu lugar. Mas desconheço o homem doutor Sergio Ghignatti de quatro meses para cá”, desabafou Cardoso a respeito do prefeito. “Não ganhou sozinho a eleição. Na época, eu tinha a preferência em concorrer pelo partido. Optei em ser vice e me preparar para a eleição seguinte. Era o combinado”, completou.

Ainda de acordo com Cardoso, após perceber uma mudança de postura por parte do prefeito, sua decisão foi se afastar. “Se estou incomodado, eu me afasto. Foi o que fiz. Atitudes demonstram quem você é”, enfatizou. “E as atitudes mudaram, principalmente comigo”, acrescentou o vice-prefeito durante o programa.

Cardoso ainda lamentou as exonerações em função dos motivos serem políticos, conforme avaliou. “Foi gente que trabalhou na campanha que saiu. São pessoas pagando por algo que não é culpa delas, mas sim uma questão política”, considerou. “Continuo sendo vice, queiram ou não. São medidas por pressão de terceiros ao redor dele (prefeito). Não entendo essa agressividade! Me larguem de mão!”, concluiu Cardoso, que é pré-candidato pelo Podemos para disputa nas próximas eleições municipais para prefeito de Cachoeira do Sul.

Apesar das exonerações terem provocado polêmica nos bastidores políticos locais e com repercussão nas redes sociais, o prefeito ainda não se manifestou a respeito.

Advertisement