6.9 C
Cachoeira do Sul
quinta-feira, 16 julho, 2020 - 09:57
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Secretário da Saúde detalha gastos contra COVID-19

Crédito: Ass. Com.

Em reunião da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores, realizada na tarde desta quinta-feira (25), o secretário municipal de Saúde, Roger Gomes da Rosa, apresentou dados sobre as ações realizadas pelo Executivo no enfrentamento à Covid-19.

O encontro foi presidido pelo autor do requerimento de convocação do secretário e presidente da Comissão da Saúde, vereador Itamar Luz. Além dos membros da comissão, vereadores Itamar Luz, Telda Assis e Felipe Franja, também participaram da reunião os vereadores Igor Noronha, Luis Paixão, Ronaldo Trojahn e Gilmar Dutra. Do Executivo estavam presentes a Secretária da Fazenda, Viviane Santana Dias, e o diretor-geral da Secretaria da Saúde, Diogo Moraes.

No início da reunião, o secretário da Saúde apresentou dados e ações empreendidas pelo Município desde o início da pandemia no país, destacando o recebimento de recursos federais e do Judiciário, além da devolução de recursos orçamentários do Legislativo Municipal, para o enfrentamento da Covid-19. Até a data de ontem, a Câmara já havia enviado ao Executivo R$ 550 mil. Na tarde de ontem, o presidente do legislativo encaminhou mais R$ 150 mil, totalizando R$ 700 mil.

Roger também especificou o quanto foi gasto com as emendas impositivas de cada vereador para a contratação de equipe médica e do centro de triagem. No total, o valor empenhado das emendas impositivas foi de R$ 1.097.055,46. “Sem a ajuda da Câmara de Vereadores, não teríamos recursos suficientes para novas ações”, agradeceu o secretário.

Segundo Roger, o saldo de recursos federais é R$ 1.234.287,39, acrescidos de R$ 41.412,46 para atendimento contra a Covid-19 para pacientes em hemodiálise. Dos recursos de devolução antecipada da Câmara de Vereadores, o saldo é R $150 mil, referente aos R$ 550 mil iniciais, e das emendas impositivas é de R$ 428.269,46.

Após a explanação do secretário, os vereadores questionaram o chefe da pasta sobre outras questões orçamentárias, compra de materiais de prevenção para escolas, classificação das bandeiras pelo Governo do Estado, realização de exames, destinação de recursos estaduais, entre outras questões. Também foram lidas pelo presidente da comissão perguntas do público sobre uso de medicamentos e compra de equipamentos para enfrentar a doença.

O Portal OCorreio transmitiu a reunião ao vivo.

Advertisement