15.7 C
Cachoeira do Sul
sábado, 4 julho, 2020 - 14:59
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • POLÍTICA
  • Novo Cabrais: vereadores querem esclarecimentos do presidente da Câmara, após exoneração de diretor e confisco de computador

Novo Cabrais: vereadores querem esclarecimentos do presidente da Câmara, após exoneração de diretor e confisco de computador

Crédito: Divulgação

Na sessão ordinária desta segunda-feira (1ª), o vereador Silomar Garcia (PP) solicitou esclarecimento sobre a exoneração do então diretor da Câmara Municipal Famiel Borstmann, pelo presidente Délcio Maus (PT) e o fato do computador usado pelo servidor ter ficado em posse do Poder Executivo. O fato teria ocorrido entre os dias 25 e 26 de maio e será investigado pelo Legislativo Municipal.

Durante seu pronunciamento, Silomar externou que o presidente da Câmara havia justificado, em ata, que a motivação para a demissão do funcionário foi “conduta incompatível, quebra de ética e decoro” sem que fosse iniciado procedimentos legais para investigar tal feito. O agravante da situação, segundo ele, foi o confisco de computador e o acesso dele pelo executivo “mais grave ainda, este poder se curvar para o poder executivo, isso não é nem de se imaginar, é gravíssimo, inclusive que me disseram que o próprio vice-prefeito haveria carregado o computado daqui”, ressaltou.

Os vereadores Angélica Franceschi (PP) e Mauro Arreal (MDB) também questionaram o caso. A vereadora sugeriu ao Délcio que o renunciasse seu cargo para não agravar a situação. Já Arreal frisou as diferenças entre Legislativo e Executivo e que em 16 anos de Câmara “nunca havia presenciado” tal feito. Ainda questionou sobre a localização da máquina no período que não estava na Casa Legislativa (entre 25 de maio e 1º de junho). Délcio se pronunciou alegando que levou o computador para sua casa e que os demais vereadores não se preocupassem pois em “nada havia mexido”.

O pedido foi aprovado por unanimidade e as informações devem ser respondidas, no limite do prazo da lei, de 15 dias.

Advertisement