9.7 C
Cachoeira do Sul
segunda-feira, 1 junho, 2020 - 19:45
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • ESPORTE
  • Por que o novo formato da Série C tende a favorecer o Ypiranga

Por que o novo formato da Série C tende a favorecer o Ypiranga

O ótimo desempenho do Ypiranga de Erechim no primeiro turno do Gauchão (em que pese a derrota para o Caxias na semifinal) fez com que o torcedor do Canarinho ganhasse alguns bons motivos para ter ainda mais fé na possibilidade de a equipe conquistar um inédito acesso à Série B do Brasileirão de 2021. E, como se não bastasse o que os jogadores vêm fazendo dentro de campo, é provável que as decisões tomadas no último dia 2 de março pelo conselho técnico da Série C de 2020 acabem por conspirar a favor das pretensões do clube na disputa desta competição.

Na reunião do conselho técnico, que ocorreu na sede da CBF, decidiu-se por mudar a fórmula de disputa da Série C a partir da segunda fase: em vez de mata-matas, os 16 clubes classificados serão divididos em dois grupos, sendo que os dois primeiros de cada grupo se garantem na segunda divisão do ano que vem. Trata-se de uma perspectiva animadora para o Ypiranga, pois tal mudança premia, acima de tudo, a regularidade. E regularidade é a palavra que melhor define o clube de Erechim nos últimos anos: desde que disputou a Série C do Brasileirão pela primeira vez (em 2016), a equipe jamais precisou voltar para a Série D.

Além disso, como bem se lembram os torcedores do Canarinho, ano passado o time terminou em primeiro lugar no seu grupo na primeira fase da competição. Se tivesse conseguido passar pelo Confiança do Sergipe nas quartas de final, este ano o clube já estaria disputando a primeira Série B de sua história.

Foto: Divulgação

De qualquer forma, o novo regulamento da Série C tem tudo para realçar a eficiência defensiva que o time vem apresentando nos seus dois últimos torneios: tanto na fase de grupos da terceira divisão do ano passado quanto no primeiro turno do Gauchão deste ano o Ypiranga foi o time que menos sofreu gols. E isso porque a prioridade na disputa do Gauchão era a permanência na primeira divisão. Nada mais natural, já que não foi fácil a campanha do ano passado na Divisão de Acesso: tanto as classificações nas quartas de final (contra o São Paulo de Rio Grande) quanto nas semifinais (contra o Glória de Vacaria) aconteceram nos pênaltis.

Foto: Divulgação

No entanto, quem acompanhou a preparação da equipe nesta pré-temporada sabia que mesmo fazer algum tipo de aposta esportiva a favor do Ypiranga no estadual não seria nenhuma loucura. Uma das pessoas a ter essa percepção foi a repórter Kaliandra Alves Dias, do Jornal Bom Dia, que já havia dito que o time poderia ser “uma das surpresas da competição”. É evidente que, quando a Série C começar, o desafio será muito maior, já que o clube enfrentará outras equipes que também vêm apresentando ótimos desempenhos nos seus respectivos estaduais, como Brusque-SC e Volta Redonda-RJ. Ainda assim, por tudo o que vem mostrando, o Ypiranga já deixou claro que brigará de igual para igual com qualquer equipe por uma vaga no quadrangular final da competição.

Advertisement