9.5 C
Cachoeira do Sul
quarta-feira, 8 julho, 2020 - 21:57
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • RURAL
  • Dois casos de mormo podem atrasar RS no status livre da doença

Dois casos de mormo podem atrasar RS no status livre da doença

 

 

 

Casos de mormo no RS colocam em alerta os técnicos. Foto: Divulgação

O Sindicato dos Médicos Veterinários no Estado do Rio Grande do Sul (Simvet/RS) vê com preocupação os novos casos de mormo registrados no Estado neste mês de setembro. Desde 2015, quando do primeiro caso registrado em solo gaúcho, o sindicato vem se esforçando no alerta para criadores, usuários e veterinários dos animais no controle e combate à zoonose, que compromete a sanidade dos equinos.

Os casos registrados nas cidades de São Lourenço do Sul e Santo Antônio da Patrulha vão atrasar o Estado na busca pelo status de livre de Mormo, já que o protocolo foi aberto neste ano e são necessários três anos sem registros da enfermidade, sendo que a última havia sido em 2017. Desde o aparecimento da zoonose no território gaúcho, o Simvet/RS vem alertando incessantemente também sobre a necessidade de reforço na fiscalização de eventos equestres e no trânsito de animais, relatado na mídia e em reuniões e audiências sobre o tema.

O Simvet/RS se coloca à disposição para unir esforços com demais entidades e corpo técnico do Estado e Federal para contribuir da forma que for necessária para que novamente se faça a retomada da busca pelo status sanitário livre do Mormo, com rigor total em todas as esferas e cada etapa cumprida com grande empenho de todos os envolvidos nesta cadeia tão importante para o Estado do Rio Grande do Sul.

Advertisement