13.6 C
Cachoeira do Sul
sábado, 6 junho, 2020 - 15:47
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Licitação do transporte coletivo está suspensa em Cachoeira

Licitação do transporte coletivo está suspensa em Cachoeira

Transporte coletivo de Cachoeira do Sul: Prefeitura terá de responder a pedidos de impugnação da licitação nos próximos 10 dias / Foto: Arquivo

Está suspenso por 10 dias o edital de licitação que abre concorrência para exploração dos serviços de transporte coletivo de Cachoeira do Sul. A decisão partiu da própria Prefeitura para que sejam analisadas as alegações para impugnação apresentadas tanto pela Transporte Nossa Senhora das Graças, de Cachoeira do Sul, quanto pela Stadtbus, de Santa Cruz do Sul.

O prazo para apreciação das contestações das duas empresas começa a valer a partir desta sexta-feira (25). De acordo com a Prefeitura, a decisão pela suspensão ocorre porque os envelopes seriam abertos na próxima segunda-feira. Como não haveria tempo hábil para análise dos pedidos de impugnação feitos pelas duas concorrentes, o edital teve de ser suspenso temporariamente.

Após os 10 dias, a Prefeitura marcar uma nova data para abertura dos envelopes. A possibilidade de reinício do processo de licitação também poderá ser analisada pela empresa Matricial – responsável pela elaboração do projeto – e pela Procuradoria Jurídica do município.

TNSG

Atual prestadora do serviço de transporte coletivo em Cachoeira do Sul, a TNSG encontrou no edital pontos conflitantes com relação ao custo das operações de transporte de passageiros em Cachoeira do Sul. A empresa afirma que os números presentes no edital estão fora da realidade do serviço na cidade.

A TNSG também aponta que a precariedade das ruas do perímetro urbano, principalmente nos bairros, aumenta em demasia o custo do serviço devido à necessidade de constante manutenção da frota, o que inviabiliza também a adoção de carros com ar-condicionado. Outro ponto também apontado pela TNSG é que o texto do edital estabelece um mínimo de 29 coletivos e dois reservas, mas num dos anexos consta a exigência de pelo menos 36 veículos.

Advertisement